Tudo começa por você!

30-09-2019

Em 2012, iniciei um processo de autoconhecimento, após concluir minha Formação em Dinâmica dos Grupos pela Sociedade Brasileira de Dinâmica dos Grupos - SBDG, meu objetivo era ampliar minha contribuição, para minha então área de atuação treinamento e desenvolvimento, o que de fato aconteceu, apliquei muitas ferramentas no meu dia a dia de trabalho, o que me levou a trilhar uma carreira de muitos aprendizados, transpiração e conquistas na empresa onde trabalhava.

Mas o que me dei conta lá, é que eu não me conhecia o suficiente para direcionar minhas escolhas e que elas muitas vezes não eram coerentes com os meus desejos e necessidades, uma verdadeira confusão interna!

Comecei aí uma jornada de muitas descobertas, fui me desconstruir para poder me construir, fui me conhecer!

Olhei minha história de vida, identifiquei minhas fortalezas, minhas fraquezas, meus comportamentos padrões, minhas emoções, meus valores, meu propósito de vida, etc, etc.

Precisei levar para o travesseiro os feedbacks, investir tempo, energia e dinheiro em ações de autoconhecimento: palestras, workshops, leitura, café com amigas e pessoas inspiradoras, terapia, fora as formações para minha área de atuação, que por consequência contribuíam para essa jornada.

Também iniciei uma reflexão de como eu quero ser nos meus diversos papéis: filha, mãe, irmã, amiga, profissional, em um relacionamento amoroso, mas principalmente como eu quero ser, simplesmente EU.

A faxina foi grande, bagunçar para organizar é cansativo!

Fui avançando e me organizando, e como toda boa faxina a gente vai percebendo que quer mudar algumas coisas: a cor da parede da casa, trocar um móvel, organizar a sala de um jeito diferente, uma nova decoração. Apenas limpar já não é suficiente e você começar a mudar.

Mas aí começa um novo desafio: comunicar para as pessoas que se conectam com você, que você mudou. Fácil? Não.

Há pessoas que compreendem e incentivam sua mudança e há outras que ficam desconfortáveis, o que inclui você, e aí você fica como? Confusa!

E agora, o que fazer?

É preciso ter coragem para fazer novas escolhas, para dizer NÃO para o que não cabe mais e SIM para o que você quer. Disciplina para os novos hábitos!

Em julho de 2018, iniciei um projeto de vida que batizei de #Clau2020, nele inclui minhas prioridades para essa travessia de novas possibilidades e experiência de vida, trato e conduzo esse projeto de forma bastante focada e disciplinada, tem até cronograma, realizei 78% do plano até agora, já teve revisão e atraso, como todo projeto.

A última ação será concluída em 19 de Janeiro de 2020 que é a data que chegarei ao Brasil, após realizar meu intercâmbio em Dublin na Irlanda, que tem como objetivo avançar no aprendizado do idioma inglês, entre outras ações que identifiquei para realizar por aqui.

Hoje, 7 anos depois de iniciar esta jornada de autoconhecimento, estou mais satisfeita comigo mesma, mais energizada a fazer acontecer, inspirada a realizar sonhos e descobrindo outros.

O que aprendi no caminho até aqui é que: AUTOCONHECIMENTO É FUNDAMENTAL!

Você precisa usar o que sabe sobre si para atingir os seus objetivos, potencializar seus talentos, dê foco à eles e fortalece-os constantemente, será mais prazeroso e isso te energizará a avançar.

Minimize suas limitações, não se desespere, seja gentil consigo, mas tenha um plano para lidar com elas.

Respeite seu limite, seu tempo, seu jeito e se tranquilize, você sempre terá algo para descobrir de si, a vida também te trará novas possibilidades e de repente, você precisará mudar de novo, então apenas viva e aprecie sua jornada.

Se conhecer é uma jornada preciosa, permita-se e tenha disponibilidade para fazê-la!

Tudo começa por você: seus sonhos, desejos, necessidades, valores, propósito, objetivos, mas principalmente pela escolha que faz de ser quem é hoje e quem quer ser no seu futuro, tenha gratidão por quem você foi, para mim não somos: estamos.