Valores e Coerência?

13-02-2020

A medida que você amplia a consciência sobre seus valores, suas atitudes, escolhas ou decisões, começam a ter outro impacto sob você, assim como contribuir para definição de seus objetivos, dando a você maior satisfação com sua vida.

Houve um momento que percebi que haviam decisões e atitudes que me deixavam confortáveis e outras não, me dei conta que minhas ações eram impulsivas ou pouco pensadas, uma boa dose de inconsciência.

Comecei então, a investir tempo e energia para encontrar a coerência em fazer isso ou aquilo, a ter objetivos também congruentes com quem eu sou e meus valores.

A medida que esse caminho foi sendo feito, comecei a perceber que eu ficava mais satisfeita e segura, mesmo decisões difíceis ou impopulares, que sempre me deixavam com um frio na barriga, começaram a fluir com menos desconforto, sejam elas como mãe, amiga, filha, líder e outros papéis que exerço na vida, pois tinha clareza do impacto que quero causar nas relações que tenho e no ambiente que estou inserida.

Sempre quis ser exemplo daquilo que falo, então, buscar essa coerência é sempre meu objetivo, no entanto, há no caminho, também a incoerência, seja por não ter consciência, por medo, por vergonha, entre tantas outras emoções que fazem parte de nossa natureza humana e que sentimos de forma natural, lidar com elas é o aprendizado.

Quantas vezes você decidiu por algo que não tinha congruência interna?

Quantas vezes sentiu dúvida ou não saber o que fazer?

Eu diversas vezes!

Algumas por não querer ter um conflito com um familiar, outras por estar cansada de argumentar sobre um projeto no trabalho, outras por me sentir insegura com os argumentos que eu tinha, outras por medo de mostrar a minha opinião, outras por não saber qual decisão tomar e as coisas avançarem por outros sem minha influência, embora aprendi que não escolher ou não opinar é também uma opção, desde que você tenha o mínimo de clareza por que está fazendo isso, enfim, muitos motivos me levaram a ser incoerente.

Fato é que, sim, nossos valores norteiam nossas atitudes e quanto mais coerentes mais seguros ficamos, nas empresas também são definidos valores para que tudo e todos estejam alinhados, projetos de clima, disseminação, engajamento, desenvolvimento de liderança, tudo isso feito para que todos estejam coerentes e alinhados com esta essência.

Mas...

Como as coisas acontecem quando não estamos coerentes?

Como as coisas acontecem quando a empresa percebe que há um desalinhamento?

Como lidamos com esse estado de vulnerabilidade?

Num mundo que se transforma todos os dias, como manter nossa coerência?

Como manter o valor celebrar, quando a vida te apresenta uma situação triste ou difícil?

Como manter o valor disciplina, quando estamos cansados e estressados?

Como ser coerente, quando estamos inseguros e com medo?

Depois de refletir sobre estas perguntas, depois de me perceber nas situações que eu não encontrei a minha congruência, depois de viver numa outra cultura e conhecer pessoas totalmente diferentes de mim, o que eu aprendi é que eu sou incoerente, mas busco com disposição minha coerência e nesse caminho o que faz a diferença é como eu lido com tudo isso.

Como me aceito nesse processo de descobertas?

Como avanço no caminho?

Como coloco limites no que não quero para minha vida?

Como assumo meu estado de dúvida e de não saber?

Como reaprendo e me desenvolvo diante daquilo que não faz mais sentido?

Como lido com minha insegurança?

Aceitar a vulnerabilidade, a frustração, o medo, a raiva, a vergonha e lidar com esses sentimentos como parte da minha humanidade me torna mais produtiva, feliz e engajada naquilo que quero fazer e como quero estar, pois quando não preciso lutar contra eles, poupo energia.

Mas saber disso me faz responsável por buscar ser uma pessoa, que também aceita essas incoerências no outro, para contribuir com um ambiente que estes sentimentos sejam aceitos e não ignorados ou penalizados e o contexto mais fértil para o crescimento de todos ou até mesmo autoconhecimento.

Aceitar o não saber, o caos, a incoerência facilitam e te tranquilizam a seguir, a atingir ou descobrir seus objetivos.

Num mundo que se transforma, verdades absolutas, podem ser grandes mentiras.